ATENTA ANTENA A poesia de Sophia e o fascínio da Grécia - download pdf or read online

By JOSÉ RIBEIRO FERREIRA

ISBN-10: 9899575178

ISBN-13: 9789899575172

Show description

Read or Download ATENTA ANTENA A poesia de Sophia e o fascínio da Grécia PDF

Best nonfiction_4 books

Tom Coffing, Leona Coffing, Chris Coffing, Robert Hines,'s Teradata Users Guide: The Ultimate Companion PDF

The "Teradata clients consultant - the final word significant other" is the best Teradata technical booklet out there. Written through the easiest academics and specialists within the enterprise, Tom Coffing and his crew of Teradata qualified Masters have written a simple to take advantage of, effortless to appreciate consultant that has the entire details a person might want to be potent.

Sheoloth: City of the Drow (Dungeons & Dragons, D20 System) - download pdf or read online

Sheoloth - urban of the Drow is a huge 256 web page ebook totally detailing an insidious darkish Elf urban. This ebook offers complete info for video games Masters to run whole d20 campaigns in response to this so much evil of destinations.

Extra resources for ATENTA ANTENA A poesia de Sophia e o fascínio da Grécia

Example text

E assim temos uma cidade que é local de contacto e união com a natureza, que é espaço em que se visualiza ou se assiste a nova criação genesíaca: nessa «cidade da realidade encontrada e amada», com uma porta «feita de dois barcos», sente-se o «hálito da água e o perfume do vento», a manhã cria «uma por uma cada coisa». E a brancura da cidade, os seus «muros brancos», aparece como signo de limpeza, pureza, primordialidade. Temos, enfim na cidade deste poema um nítido contraste com a cidade negação, acima caracterizada, na qual se corre atrás do tempo que nos escapa14.

33 longínqua dos pinheiros. Trata-se sem dúvida da visão positiva da natureza face ao carácter disfórico e negativo que a cidade, de modo geral, apresenta na obra de Sophia: cidade-negação ou espaço de negação do silêncio, da paz, da liberdade, da comunicação. A cidade suja com seus «restos de vozes e ruídos, / Rua triste à luz do candeeiro / Que nem a própria noite resgatou»12. Percorrida por «terrível atroz imensa / Desonestidade», nela vive um mundo sub-reptício, escondido, onde «há um murmúrio de combinações», onde o «mal procura o mal» e, toda «sabor a coisa morta», essa cidade «bate à nossa porta», como refere o poema “Cidade dos outros”, publicado em Geografia (p.

Esta parte põe a tónica no contraste entre o sol e a noite, sem nessa oposição introduzir a dicotomia muito comum de positivo/negativo: por um lado o sol dá «a volta às praças e aos quartos» e a manhã cria «uma por uma cada coisa»; por outro, a noite é transparente, «redonda azul e atenta» e – uma noção assídua em Sophia: a atenção da noite ou o silêncio que a noite estende e permite a atenção plena para escutar as coisas e a poesia. Transcrevo o poema, em que surgem aliterações nos versos 11, 13, 22, e uma anáfora de ‘vê-se’, nos dois últimos versos: Na cidade da realidade encontrada e amada Caminhei com a brisa pelas ruas Havia muros brancos e janelas pintadas As madressilvas floriam e brilhavam Os limoeiros de folhas polidas Caiu uma folha de nespereira sobre o tanque E o tempo veio ao meu encontro confundindo Os meus gestos e os teus nos seus 42 Eram mil e mil noites uma após outra surgindo E o meu rosto flutuava entre a manhã e a tarde E as esquinas ergueram as suas sombras azuis Ao longo de um silêncio de árabe E do Abril dos campos veio um perfume inteiro de [searas E quando abri a porta as estrelas surgiram * Na cidade da realidade encontrada e amada O sol dá lentamente a volta às praças e aos quartos Para varrer o chão e preparar a noite Que é redonda azul e atenta E a porta da cidade é feita de dois barcos Oh quem dirá o verde o azul e o fresco O hálito da água e o perfume do vento Vê-se a manhã criar uma por uma cada coisa Vê-se quebrar a onda da noite transparente.

Download PDF sample

ATENTA ANTENA A poesia de Sophia e o fascínio da Grécia by JOSÉ RIBEIRO FERREIRA


by Michael
4.5

Rated 4.49 of 5 – based on 11 votes